Internautas debateram no X, antigo Twitter, a fala do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao comemorar que Flávio Dino é o primeiro comunista escolhido para ser ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) na história do Brasil.

Para algumas pessoas, Lula estava sendo irônico, outros relembraram a declaração dada pelo próprio ex-governador do Maranhão em uma entrevista ao MyNews, no YouTube, onde ele diz com todas as letras que é comunista sim.

– Sou comunista graças a Deus – disse ele.

O jornalista Carlos Andreazza, que fez a pergunta, disse que se declarar comunista era incoerente, mas Dino pediu para que ele lesse o livro de Atos 4:32.

O versículo bíblico citado por Dino diz: “Todos os que creram estavam unidos em coração e mente. Não se consideravam donos de seus bens, de modo que compartilhavam tudo que tinham” [NVI].

– Ser comunista é defender comunhão, partilha, defender a justiça social. São valores que devem ser sempre atualizados.

O programa foi gravado em julho de 2019, quando Dino era governador do Maranhão e filiado ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

Nessa entrevista, o político criticou o Poder Judiciário, dizendo que não era um órgão independente.

– Eu estou defendendo princípios como a independência do Judiciário, mas não é uma independência fake, é a não partidarização do Judiciário.

Dino também falou que o papel do Estado, em sua visão, é fazer a regulações e promover a justiça social.

*Pleno News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site! ACEPTAR
Aviso de cookies