“Choquei” sugere que Bolsonaro usa internação para fugir da crise

Política Nacional

Nesta quarta-feira (23), o perfil de notícias “Choquei”, que possui uma perspectiva esquerdista, fez uma publicação abordando a internação do ex-presidente Jair Bolsonaro no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo. Na postagem, o perfil sugere que Bolsonaro utiliza internações hospitalares como um meio de enfrentar crises políticas ou jurídicas, utilizando-as como subterfúgio.

O post afirma que Bolsonaro foi internado mais de sete vezes desde que foi esfaqueado em 6 de setembro de 2018, em Juiz de Fora (MG). O perfil faz alegações de que essas internações coincidiram com períodos de crises no governo e na família do ex-presidente. A postagem ressalta que a internação atual ocorre após Bolsonaro ter sido intimado pela Polícia Federal para depor sobre questões relacionadas a joias e à disseminação de notícias falsas.

A imagem que acompanha o post é uma colagem que apresenta uma foto de Jair Bolsonaro em um leito hospitalar, ao lado de agentes armados da Polícia Federal, sugerindo uma relação imediata entre a internação e a ação policial.

A publicação ilustra como as interpretações políticas podem influenciar a maneira como eventos são retratados nas mídias sociais. As narrativas que associam eventos de saúde de políticos a estratégias políticas são comuns, independentemente da orientação política, e refletem a polarização e as desconfianças presentes na esfera pública.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *