O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a criticar Leonardo DiCaprio, após o ator ter feito declarações envolvendo as eleições brasileiras e a Amazônia. Em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, o chefe do Executivo disse que é bom que o artista fique “de boca fechada” e pare de falar “besteiras”.

– O DiCaprio está lá, botando fotografia de 20 anos atrás. Agora, o DiCaprio tem que saber que a própria presidente da OMC falou que sem o agronegócio brasileiro, o mundo passa fome. Então, é bom o DiCaprio ficar de boca fechada em vez de ficar falando besteira por aí – assinalou o presidente.

Na última semana, a celebridade de Hollywood liderou uma campanha nas redes sociais para incentivar que jovens brasileiros tirem o título de eleitor. Ele ainda mencionou a Amazônia e as mudanças climáticas.

– Brasil é a casa da Amazônia e de outros ecossistemas importantes para a mudança climática. O que acontece por lá importa a todos nós e o voto é a chave para um planeta saudável – declarou DiCaprio em post no Twitter.

Bolsonaro, por sua vez, respondeu com uma publicação em que destaca a soberania do Brasil sobre a Amazônia.

– Obrigado pelo apoio, Leo! É realmente importante que todo brasileiro vote nas próximas eleições. Nosso povo deverá decidir se querem manter a soberania sobre a Amazônia ou ser governado por impostores que servem a interesses especiais de estrangeiros. Bom trabalho em O Regresso! – iniciou.

A conta do presidente ainda acusou o ator de promover desinformação ao compartilhar uma foto de 2003 durante as queimadas da Amazônia em 2019.

– Aliás, a imagem que você postou para falar sobre as queimadas da Amazônia em 2019 é, na realidade, de 2003. Existem pessoas que querem prender cidadãos brasileiros que cometem esse tipo de engano em nosso país. Mas eu sou contra essa ideia tirânica. Abraços do Brasil – completou.

Fonte: Pleno News