De férias nas Bahamas, o cirurgião Antônio Luiz Macedo, que atende o presidente Jair Bolsonaro desde que ele foi vítima de uma facada em setembro de 2018, quando ainda era candidato ao Planalto, afirmou que retornará ao Brasil em um voo fretado pelo Hospital Vila Nova Star, onde o chefe do Executivo está internado desde a madrugada desta segunda-feira (3), com uma obstrução intestinal.

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, o médico informou que a previsão de chegada dele ao hospital é por volta de meia-noite. Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro chegou a dizer nas redes sociais que o médico chegaria às 15h.

Durante a manhã, chegou a circular a informação de que um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) buscaria o médico nas Bahamas. O próprio Macedo disse à Rádio Bandeirantes que aguardava um “avião federal” para retornar ao Brasil.

Também na entrevista à Folha, Macedo afirmou que “provavelmente, não será necessário cirurgia” no presidente da República e que o quadro clínico de Bolsonaro “é semelhante ao da última vez”, quando o presidente foi internado em julho do ano passado, também com obstrução intestinal.

Fonte: Pleno News