Durante entrevista a uma rádio de Santa Catarina (SC), o senador Jorginho Mello (PL-SC) falou sobre uma briga que teve com o senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid. Jorginho revelou que, ao ser chamado de ‘vagabundo’ por Renan, teve vontade de “dar uma porrada no meio dos cornos dele”.

– Quando ele me chamou de vagabundo, o sangue ferveu. Eu disse: ‘vagabundo é tu, picareta, sem vergonha, ladrão que o país conhece’. Aí eu levantei e ele levantou. Ele queria vir para o embate. Infelizmente, não deu. Eu queria ter dado uma porrada no meio dos cornos dele, porque ele é um sujo que o país conhece e envergonha o Senado – apontou.

Durante a entrevista, Jorginho ainda criticou o relator da CPI da Covid por pedir o indiciamento do presidente Jair Bolsonaro.

– Ele quer condenar o presidente. Ladrão não condena ninguém nesse país – destacou.

Fonte: Pleno News