Deputado devolve dinheiro após ser reembolsado por bebidas

O deputado federal Pedro Aihara (PRD-MG) tomou uma atitude inusitada ao devolver dinheiro à Câmara dos Deputados que havia recebido como reembolso por consumo de bebidas alcoólicas em restaurantes. Embora a Casa legislativa proíba o uso da verba parlamentar para custear esse tipo de gasto, a Câmara acabou liberando o pagamento de notas fiscais apresentadas pelo deputado, que incluíam drinques e vinho.

Aihara é o deputado com maior gasto da verba parlamentar em itens de alimentação em 2024, tendo despendido R$ 10 mil em apenas seis meses em restaurantes. Seu tour gastronômico passou por diferentes estados do Brasil e até mesmo pelo Japão.

Embora tenha pedido reembolso de 16 notas fiscais com bebidas, em três casos, as notas passaram pelo crivo dos técnicos da Câmara, que acabaram pagando pelas bebidas. Além disso, Aihara também restituiu uma taxa de serviço de uma conta que continha pratos nobres e três vinhos italianos. No total, a devolução está vinculada a quatro notas fiscais e totaliza R$ 494.

É importante destacar que, ao falar sobre o reembolso, o deputado mineiro alegou que houve um erro técnico na apresentação das notas à Câmara e que, como presidente de comissão e de frente parlamentar, faz viagens para outros estados. A situação revela a complexidade e os desafios relacionados aos gastos parlamentares e à prestação de contas.

Bruno Rigacci

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site! ACEPTAR
Aviso de cookies