Governo italiano confirma encontro entre a primeira-ministra Giorgia Meloni e o presidente Lula

Nesta terça-feira (20), a Presidência da República informou que o governo da Itália revisou sua programação e confirmou um encontro bilateral entre a primeira-ministra Giorgia Meloni e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Anteriormente, o governo italiano havia alegado incompatibilidade de agendas em resposta à solicitação do governo brasileiro por meio diplomático.

O desencontro já havia sido confirmado pelo Itamaraty, que divulgou a última versão dos compromissos de Lula na Itália. No entanto, agora Meloni conseguiu encaixar uma reunião bilateral com o presidente Lula, retornando de Paris para o encontro no Palácio de Chigi.

Giorgia Meloni esteve envolvida em compromissos em Paris durante o dia, incluindo um encontro com o presidente francês Emmanuel Macron, e promoveu, ao lado de autoridades italianas, a candidatura de Roma para sediar a Expo 2030. Ela estava acompanhada do prefeito de Roma, Roberto Gualteri, que já havia confirmado uma recepção a Lula.

O encontro entre Giorgia Meloni e Luiz Inácio Lula da Silva é considerado um momento de maior pragmatismo e menos ideologia entre os líderes do Brasil e da Itália. Diplomatas de ambos os países recomendam essa postura, já que Lula e Meloni têm divergências políticas em uma série de questões.

Além do encontro com Giorgia Meloni, Lula será recebido pelo presidente italiano Sergio Matarella, pelo Papa Francisco e pelo prefeito Gualteri durante sua visita à Itália.

Bruno Rigacci

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site! ACEPTAR
Aviso de cookies