Na tarde desta terça-feira (26), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Edson Fachin recebeu advogados do Prerrogativas, grupo de juristas ligados ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A reunião foi solicitada pelos advogados.

O objetivo dos juristas é pleitear um espaço para o Prerrogativas no grupo de trabalho criado por Fachin, que visa o enfrentamento à violência política no contexto das eleições de outubro.

Os advogados também prestam “solidariedade” ao ministro pelos constantes embates entre o Judiciário e o Executivo, e se colocam à disposição para “atuar em defesa da democracia”.

O grupo ainda convidou Fachin para um ato em defesa da democracia marcado para o dia 11 de agosto, no prédio da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, no Centro de São Paulo.

Prerrogativas foi o grupo responsável pelo suntuoso jantar que reuniu, Lula, Geraldo Alckmin, aliados e criminalistas em São Paulo no dia 26 de junho. Parte dos advogados presentes no evento fez doações de R$ 20 mil.

Fonte: Pleno News