O ator Bruno Gagliasso revelou ter comprado toalhas com o rosto do pré-candidato à Presidência, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), para presentear os amigos. Durante sua participação no podcast Quem Pode, Pod, ele exibiu uma das peças e a ofereceu à apresentadora Fernanda Paes Leme.

– É o homem, é o homem. Amei. Está em falta no mercado – declarou Fernanda na ocasião.

Giovanna Ewbank, esposa de Gagliasso e também apresentadora do podcast, falou sobre a aquisição do marido.

– Amei a toalha. Tá super em falta, tá vendendo horrores. Para quem não tá vendo, é uma toalha do Lula que viralizou. Inclusive, você comprou várias dessas toalhas para vários amigos, né, amor? – declarou Ewbank.

– Comprei 20 toalhas. Pode levar que tem mais em casa – respondeu Bruno.

– Ele tem uma mala dessa lá em casa e todo amigo ele vai dando de presente – completou Giovanna.

O ex-presidente compartilhou o vídeo do momento em sua conta do Instagram, desejando sucesso ao podcast. Bruno, por sua vez, afirmou estar “feliz” com a resposta de Lula e cogitou dar uma toalha a ele também.

– Será que o Lula já tem uma toalha do Lula? Estou com um monte aqui em casa. Queria mandar pra ele de presente – concluiu.

 

THIAGO GAGLIASSO RESPONDE
Na entrevista, Bruno também falou sobre o rompimento de suas relações com seu irmão, Thiago Gagliasso. Um dos motivos seria o posicionamento político de Thiago, que é apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL), a quem Bruno classificou como “bosta”. Thiago, por sua vez, mencionou as toalhas de Lula e convidou o irmão para um debate.

– Meu querido irmão, Bruno Gagliasso, declarou em um podcast que o motivo dele não falar comigo não é política e sim por uma questão “moral” por hoje eu apoiar esse “bosta” [Jair Bolsonaro] sou [sic] eu não ter escrúpulos. Detalhe, vestido em uma toalha do Lula! Bruno, meu querido irmão, seria um prazer enorme sentarmos juntos em uma mesa para um debate. Posso mostrar com fatos o bandido que você apoia publicamente sem escrúpulos e a farra que sua turma fez com o dinheiro público na Rouanet, que tal? Aceita ou vai sair de frouxo? – escreveu Thiago no Twitter.

Fonte: Pleno News