Jornalistas da Folha de S. Paulo estavam trabalhando na noite desta quarta-feira (6) na sede localizada na região central da cidade quando ouviram um estampido por volta das 22h30. Um projétil foi disparado em direção a uma das janelas da redação do quarto andar, perfurando o vidro. Apesar do susto, ninguém se feriu na ocasião.

Segundo informações do próprio periódico, um boletim de ocorrência foi registrado por seus advogados no distrito policial.

O projétil esférico foi encontrado nas imediações do jornal. As autoridades que estão investigando o caso creem que ele tenha sido disparado por uma arma de cartucho, informou o delegado-titular do 77º Distrito Policial, Severino Pereira Vasconcelos.

Entretanto, Vasconcelos destaca que a o ocorrido só poderá ser devidamente esclarecido após a realização das investigações de campo e do trabalho de perícia.

Fonte: Pleno News