Por unanimidade, o Tribunal Regional Eleitoral de Rio Grande do Sul (TRE-RS) decidiu manter os direitos políticos de Luciano Hang. Com isso, o empresário pode se candidatar nas eleições deste ano. As informações são do UOL.

Em dezembro de 2021, o Ministério Público Federal (MPF) tinha pedido ao TRE-RS que o empresário tivesse seus direitos políticos suspensos por 8 anos.

Na ação julgada pelo TRE-RS, Hang era suspeito de cometer abuso de poder econômico nas eleições para prefeito do município gaúcho de Santa Rosa. Em 2020, ele teria sugerido que só garantiria a continuidade da construção de uma loja na cidade se o candidato a prefeito Anderson Mantei (PP) vencesse.

Mantei e Alcides Vicini, prefeito de Santa Rosa em 2020, também foram alvos do processo por prática de abuso de poder econômico. O MPF solicitou ainda que fossem suspensos o diploma de Anderson e do vice dele, Aldemir Eduardo Ulrich, por terem sido “beneficiados pelo abuso de poder econômico”.

O Ministério Público queria também “a realização de nova eleição para Prefeito e Vice-Prefeito no município de Santa Rosa-RS”.

O desembargador Amadeo Henrique Ramella Buttelli foi o relator da ação. De acordo com o site da Justiça Eleitoral do Rio Grande do Sul, o TRE-RS “negou provimento ao recurso” do MPF.

Fonte: Pleno News