Dados da pesquisa Panorama Político 2022, realizada pelo Senado Federal, apontaram uma preferência maior dos eleitores brasileiros pela direita do que pela esquerda. De acordo com os números, 21% dos eleitores no país se manifestaram direitistas, percentual que foi quase o dobro comparado com o daqueles que se disseram esquerdistas, que ficou em 11%.

Apesar de direita e esquerda possuírem um papel de destaque no embate político, a ampla maioria dos entrevistados (55%) não se considerou integrante de nenhuma das ideologias, seja ela esquerda, direita ou centro. Os centristas, por sua vez, foram a menor parcela ideológica da população e somaram apenas 9%.

A pesquisa mais recente, realizada entre os dias 18 de novembro e 14 de dezembro do ano passado, foi feita por telefone com 5.850 cidadãos de 16 anos ou mais. O estudo foi feito pelo instituto DataSenado, órgão de pesquisa vinculado à Secretaria de Transparência do Senado Federal.

Na comparação com o ano passado, a direita teve uma leve alta, saltando de 20% para 21%. A esquerda, por outro lado, caiu quatro pontos percentuais, de 15% em 2021 para 11% neste ano. O centro também registrou queda neste ano na comparação com o ano passado. Em 2021, o percentual de centristas era de 11% e, agora, marca 9%.

Fonte: Pleno News