Nesta terça-feira (10), o bilionário Elon Musk disse que reverteria o banimento do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, do Twitter. Segundo ele, a remoção de Trump foi “ruim”.

Musk deu declarações durante um evento organizado pelo Financial Times. As informações são do jornal O Globo.

– Eu realmente acho que não foi correto banir Donald Trump. Eu acho que isso foi uma decisão moralmente ruim ser claro e tolo ao extremos – disse.

Elon Musk, que é CEO da Tesla e da SpaceX, anunciou a compra do Twitter pelo valor de 44 bilhões de dólares (cerca de R$ 214 bilhões) no final de abril. Com a decisão, o magnata passará a ser o único dono da empresa e fechará o capital da rede social.

Fonte: Pleno News