Nesta quinta-feira (24), o vice-presidente Hamilton Mourão disse que o Brasil não concorda com a invasão da Rússia à Ucrânia. Ele deu declarações durante chegada ao Palácio do Planalto. As informações são do portal G1.

– O Brasil não está neutro. O Brasil deixou muito claro que ele respeita a soberania da Ucrânia. Então, o Brasil não concorda com uma invasão do território ucraniano. Isso é uma realidade – falou.

A invasão russa teve início na madrugada desta quinta-feira (24), pelo horário de Brasília, por ordem do presidente da Rússia, Vladimir Putin.

Questionado por jornalistas como avalia o ataque russo, Mourão definiu o caso como uma tragédia.

– A gente tem que olhar sempre a história. A história, ela ora se repete como farsa, ora se repete como tragédia. Nesse caso, ela está se repetindo como tragédia – disse.

Já a respeito das falas do presidente Jair Bolsonaro durante visita à Rússia, Mourão disse que não se manifestaria.

– Eu não comento as palavras do presidente – respondeu.

Nesta quinta-feira, o Palácio do Itamaraty publicou uma nota para informar que o Brasil “apela” para o fim das hostilidades na Ucrânia.

– O Brasil apela à suspensão imediata das hostilidades e ao início de negociações conducentes a uma solução diplomática para a questão, com base nos Acordos de Minsk e que leve em conta os legítimos interesses de segurança de todas as partes envolvidas e a proteção da população civil – apontou no texto do Ministério das Relações Exteriores.

Fonte: Pleno News