Israel decidiu ‘extinguir’ o passaporte da vacina no país. A medida foi anunciada, na tarde desta quinta-feira (17), pelo primeiro-ministro de Israel, Naftali Bennett. De acordo com ele, o passaporte não é mais necessário porque a onda de casos da variante Ômicron da Covid-19 está reduzindo.

Parte da passaporte já estava suspenso no país desde o início deste mês. A medida valia apenas para casas de shows, cinemas e locais passíveis de aglomeração.

Em um comunicado, Naftali Bennett, falou sobre o fim do “passaporte verde”, como é chamado o passaporte vacinal em Israel.

– Estamos pondo fim ao uso do passaporte verde, visto que a onda da Ômicron está freando, constatando-se uma forte queda no número de pessoas infectadas e em estado grave – apontou.

Fonte: Pleno News