Cinco dias antes da estreia do Big Brother Brasil 22, a Rede Globo anunciou que há três casos de Covid-19 confirmados entre os participantes – que ainda não foram revelados ao público. Em nota, a emissora informou que o trio irá entrar na casa após a estreia, quando tiverem cumprido o isolamento necessário.

– Como parte do protocolo, são realizados testes em todos os participantes e, durante essa rotina, três deles, que estarão no elenco desta edição, testaram positivo. Todos estão com as respectivas vacinas em dia – item obrigatório para a participação no reality -, passam bem, continuam isolados e estão sendo acompanhados por uma equipe médica. E, mesmo ansiosos para começarem a viver na casa mais vigiada do Brasil, assim permanecerão até que seja seguro deixarem o isolamento. Quando estiverem liberados pelos médicos, se unirão aos outros participantes, de um jeito inovador e sem prejuízo das dinâmicas do jogo – disse a emissora em comunicado.

Cercado de cuidados sanitários e sigilo, nem o elenco do BBB escapou do vírus. A emissora reafirmou que tem reforçado os protocolos de saúde.

– Como todas as produções em atividade, o Big Brother Brasil segue o protocolo de segurança estabelecido pelos Estúdios Globo para prevenção à Covid-19. A Globo está acompanhando a situação da pandemia no país e revisita constantemente suas medidas preventivas, que são atualizadas e adaptadas sempre que necessário, seguindo a orientação de profissionais da saúde e órgãos competentes – disse a empresa.

Apesar do zelo, a TV Globo enfrenta um surto interno de Covid-19 que não está perdoando nem os figurões da emissora. A apresentadora Renata Vasconcellos, do Jornal Nacional, testou positivo para o vírus e foi afastada do telejornal. Seu companheiro de bancada, William Bonner, chegou a ser colocado em isolamento e substituído às pressas, mas exames apontaram que ele não está infectado, e ele já retornou para o noticiário.

Fonte: Pleno News