Em entrevista à Rede Mais, da Paraíba, o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, negou que tenha enriquecido durante o período em que trabalhou na Alvarez & Marsal, nos Estados Unidos. De acordo com ele afirmações nesse sentido são uma “bobagem e uma mentira”.

Moro ingressou na empresa no final de 2020, após deixar o governo Bolsonaro.

– Tenho um passado ilibado, de combate à corrupção. Como não tem o que falar de mim, ficam inventando essas histórias – explicou na entrevista divulgada nesta sexta-feira (7).

Ele explicou qual era sua função na consultoria Alvarez & Marsal.

– Eu ajudava as empresas a se estruturar para prevenir o envolvimento delas em caso de suborno e corrupção – destacou.

Moro ainda negou que tenha prestado qualquer serviço para a Odebrecht.

– A consultoria que entre é uma multinacional que tem mais de 5.000 empregados, espalhados no mundo inteiro, e eu fui trabalhar nos EUA (…) Essa empresa foi nomeada por um juiz no Brasil para atuar na recuperação judicial da Odebrecht, algo até anterior à minha entrada na empresa – ressaltou.

Fonte: Pleno News