Após funcionários da TV Globo sofrerem com um “surto” de Covid-19, o Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo cobrou que a emissora adote medidas de segurança. A informação foi dada pelo site Poder 360.

Um dos funcionários de empresa infectado com a doença é o diretor de entretenimento Ricardo Waddington, de 61 anos. Além dele, pelo menos outros 144 funcionários da empresa da família Marinho já foram diagnosticados com a doença somente neste início de ano. A emissora já enviou um comunicado interno reforçando as orientações sobre a vacina e os protocolos sanitários.

“Diante da variante Ômicron e da alta dos casos de influenza H3N2, solicitamos à TV Globo que adote o home office para a maior parte dos profissionais que não necessitem exercer seu trabalho presencialmente, além do imediato isolamento daqueles que apresentem sintomas relacionados a doenças respiratórias”, informou o sindicato no pedido à empresa.

Já a Globo informou que funcionários que testam positivo são afastados e permanecem em isolamento.

Fonte: Pleno News