Nesta quinta-feira (6), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disparou críticas contra a GloboNews e repórteres da emissora. Durante o evento na sede do Ministério da Saúde, Queiroga apontou o dedo para uma jornalista da GloboNews e chamou os profissionais da empresa de “Herodes” e “povo do mau agouro”.

A declaração de Queiroga foi uma reação a um comentário feito por um jornalista da emissora, que chamou o ministro “Queirodes”, em referência ao Herodes que mandou matar bebês em Belém. O episódio é relatado na Bíblia (Mateus 2:16).

O comentário do jornalista sobre o ministro da Saúde foi feito em dezembro e diz respeito à decisão do Ministério da Saúde sobre vacinar contra a Covid-19 crianças de 5 a 11 anos de idade.

Mais tarde, em outro momento, Queiroga afirmou que “não aceitaria ser ministro se estivesse preocupado com críticas”.

Fonte: Pleno News