O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) reuniu-se com o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, nesta sexta-feira (19). A conversa ocorreu no Palácio da Moncloa, em Madri, dois dias após o petista encontrar-se também com o presidente francês, Emmanuel Macron, no Palácio do Eliseu, em Paris.

Nas redes sociais, Lula afirmou ter mantido um “importante diálogo” com Sánchez sobre temas como mudanças climáticas, desigualdade social e o avanço da “extrema-direita”.

– Conversamos sobre nossas experiências na construção de políticas públicas de combate à desigualdade e dividimos a preocupação com o tema das mudanças climáticas e a importância da solidariedade entre as democracias no enfrentamento ao avanço da extrema-direita – relatou.

O ex-presidente brasileiro disse ainda ter tratado com o líder espanhol sobre a integração europeia e da América Latina e sobre a importância das relações entre Brasil e Espanha.

Após a reunião, Sánchez também comentou sobre o encontro em suas redes sociais, dizendo que “Espanha e Brasil compartilham fortes laços estruturais e permanentes em diferentes áreas”.

– Hoje, encontrei-me com seu ex-presidente, Lula, para tratar de vários assuntos de interesse comum, como a situação da pandemia, as mudanças climáticas e a recuperação econômica – assinalou.

Lula está na Europa desde a última quinta-feira (11) e tem realizado encontros com lideranças do continente, em agenda que inclui o futuro chanceler alemão Olaf Schulz, o ex-premiê da Espanha José Luís Zapatero, a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, e o prêmio Nobel de Economia em 2001, Joseph Stiglitz.

Fonte: Pleno News