Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para a Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), o advogado Rodrigo Mudrovitsch venceu a disputa com 19 de 24 votos e irá assumir o posto de juiz da Corte. Ele foi indicado por Bolsonaro em dezembro do ano passado e se tornou o segundo jurista mais jovem a ingressar na CIDH.

A última vez que um brasileiro foi eleito para Corte foi em 2013, com o advogado Roberto Caldas. O mandato na CIDH tem duração de seis anos. Já a Corte é composta por 7 juízes.

O feito foi celebrado pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SO) nas redes sociais.

– Presidente Bolsonaro mais uma vez demonstra força internacional ao eleger seu indicado, o advogado Rodrigo Mudrovitsch, para a CIDH (Corte Interamericana de Direitos Humanos). O último brasileiro a tomar posse neste tribunal foi em 2013 e Rodrigo será também o 2º mais jovem juiz com 36 anos – apontou.

Fonte: Pleno News