Ainda sem partido para disputar a reeleição em 2022, o presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta quarta-feira (27) conversas com PP e PL para definir sua filiação.

– Hoje em dia está mais para PP ou PL. Me dou muito bem com os dois partidos – afirmou o chefe do Executivo em entrevista à Jovem Pan News.

Na segunda-feira (25), o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, publicou um vídeo com um convite oficial de filiação ao presidente. A sigla ofereceu diretórios estaduais para controle de Bolsonaro, que, no entanto, também é cortejado pelo PP, o partido do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, e do presidente da Câmara, Arthur Lira (AL), aliado de primeira hora do governo.

Bolsonaro falou sobre a demora em escolher o novo partido.

– Mas a escolha é igual a casamento. Às vezes, até escolhendo a gente tem problema. Imagina se fizer de atropelo – explicou na entrevista.

A menos de um ano da ida às urnas, o chefe do Executivo negocia boas condições de controle de um futuro partido. De forma indireta, a estratégia foi comentada por Bolsonaro na entrevista.

– Tenho interesse em indicar metade dos candidatos ao Senado, pessoas perfeitamente alinhadas conosco – declarou.

A ideia do governo é ampliar a bancada na Casa, que hoje oferece resistências às pautas do Palácio do Planalto.

*Com informações da AE

Fonte: Pleno News