Durante o debate entre os participantes das prévias do PSDB para a candidatura do partido à Presidência da República, realizado nesta terça-feira (19) pelo Grupo Globo, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, alfinetou de forma indireta o governador de São Paulo, João Doria, ao comentar a declaração de voto que deu, em 2018, ao atual presidente Jair Bolsonaro.

Ao ser questionado “se considerava um erro o voto em Bolsonaro”, Leite afirmou que, no segundo turno, tinha de escolher “entre um projeto político que já tinha sido desastroso para o Brasil, de eliminação de empregos” e um outro do qual “ele tinha muitas críticas”, mas afirmou que, apesar de escolher o atual presidente, não foi atrás de Bolsonaro “para tirar foto”.

– Eu não aderi, eu não abracei o candidato Jair Bolsonaro, eu não fui atrás dele para tirar foto, eu não tentei associar a minha campanha à dele. Fiz as minhas críticas, mostrei as minhas diferenças – destacou.

Apesar de não citar o nome de Doria diretamente, a mensagem de Eduardo Leite foi encarada como uma clara provocação ao seu principal adversário nas prévias, visto que Doria utilizou de forma intensa a imagem do presidente Jair Bolsonaro em 2018 para capitalizar votos em São Paulo, pelo que ficou conhecido como “BolsoDoria”.

Fonte: Pleno News