O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta sexta-feira (15) que não irá participar do primeiro debate das prévias que irão definir o candidato do PSDB para disputar a Presidência da República em 2022. Em nota, Doria alegou as regras do evento não foram discutidas previamente com os candidatos e que “o formato não permitiu o entendimento entre todos”.

O evento, promovido pelos jornais O Globo e Valor, foi marcado para a próxima terça-feira (19). Os outros participantes são o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio.

– O governador de São Paulo João Doria não participará do debate do Grupo Globo das prévias do PSDB. Doria sempre defendeu, participou e apoiou debates. No entanto, as regras que definiriam o debate do Grupo Globo não foram discutidas previamente entre as equipes dos candidatos, conforme acordado anteriormente com o partido. O formato não permitiu o entendimento entre todos. O que seria razoável e necessário, especialmente em se tratando de prévias entre candidatos do mesmo partido. Não há inimigos – diz um trecho da nota,

Apesar da justificativa, o Grupo Globo argumenta que o evento foi anunciado oficialmente pela empresa e pelo próprio PSDB no dia 3 de setembro. Ainda segundo o veículo de comunicação, o partido informou que as regras foram previamente repassadas aos pré-candidatos. Na ocasião, todos, incluindo Doria, haviam se comprometido em participar conforme o formato acordado.

O governador Eduardo Leite, principal ameaça à possível escolha de João Doria como candidato do PSDB, lamentou a decisão do paulistano.

– Lamento a não participação do governador Doria. Não há nada nas regras que fuja do tradicional de um debate eleitoral. Gostaria que ele apresentasse publicamente com que regras que ele desejava que o debate fosse realizado – disse o gaúcho.

Fonte: Pleno News