A iniciativa do ator José de Abreu de se candidatar a deputado federal pelo Partido dos Trabalhadores (PT) ganhou o apoio de outros integrantes da classe artística. De acordo com o jornal O Globo, Paulo Betti e Antonio Grassi se manifestaram a favor da decisão em uma live no Instagram.

– Isso é uma coisa muito interessante. Ele [José de Abreu] pode ser um grande catalisador da classe artística, para a gente ter uma voz forte lá dentro do Congresso – afirmou Paulo Betto.

Nesta quinta-feira (14), José de Abreu confirmou que iria mesmo disputar uma vaga na Câmara. Em entrevista à jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, o artista irá representar o estado do Rio de Janeiro.

– Vou abrir mão da minha carreira, do que eu mais amo fazer, que é representar, para ajudar o Lula a reconstruir o Brasil e o Freixo a reconstruir o Rio de Janeiro – explicou.

Segundo Abreu, Lula, que é seu amigo pessoal, não concorda com sua candidatura.

– Ele acha que hoje, como ator da TV Globo, eu calço 47 [em influência e importância]. Se for deputado, vou calçar 33, pois serei do baixo clero do Congresso [ao integrar a um colegiado em que será um entre 513 parlamentares]. Já o ex-ministro José Dirceu, acha que, além de seguir calçando 47, vou somar os 33 – disse o ator à jornalista.

Fonte: Pleno News