Morre Ebrahim Raisi, presidente do Irã, após queda de helicóptero

Política Internacional

Ebrahim Raisi, presidente do Irã, faleceu aos 63 anos. Ele estava retornando de helicóptero de uma cerimônia de inauguração de uma barragem na fronteira entre o Irã e o Azerbaijão quando o acidente ocorreu. Segundo a emissora estatal iraniana, o helicóptero caiu próximo a Jolfa, uma cidade localizada a aproximadamente 600 quilômetros de Teerã, a capital do Irã. O Ministério das Relações Exteriores do Irã confirmou a morte nesta segunda-feira (20).

Raisi estava em um helicóptero que fazia parte de uma comitiva de três aeronaves. Ele estava acompanhado por Hossein Amir Abdolahian, ministro das Relações Exteriores do Irã, e Malik Rahmati, governador do Azerbaijão Oriental, além de outras autoridades.

Raisi, que foi eleito presidente em 2021, era conhecido como um clérigo linha-dura e era considerado um possível sucessor do aiatolá Ali Khamenei, líder supremo do Irã desde 1989. Em 2019, Khamenei nomeou Raisi como chefe do Poder Judiciário, um cargo de grande importância. Raisi também foi eleito vice-presidente da Assembleia de Peritos, um órgão clerical composto por 88 membros responsáveis pela eleição do líder supremo.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *