Enchentes: Dilma perde presentes que estavam com o MST no RS

Cidades

As recentes inundações no Rio Grande do Sul tiveram um impacto inesperado no acervo de presentes da ex-presidente Dilma Rousseff. Segundo a Folha de S.Paulo, uma série de itens que foram presenteados a ela durante seu mandato presidencial foram danificados pelas enchentes. Estes objetos estavam armazenados em um galpão pertencente ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e incluíam camisetas, quadros, tapetes e esculturas.

Após receber autorização do Tribunal de Contas da União (TCU), a ex-presidente tinha permissão para manter esses presentes sob sua responsabilidade. No entanto, devido à falta de um local adequado para armazenamento, Rousseff optou por confiar os itens ao MST.

O TCU estabelece que presentes de maior valor e aqueles recebidos de autoridades estrangeiras devem ser incorporados ao acervo público, uma regra aplicável a todos os ex-presidentes do país. A perda desses itens destaca a amplitude dos danos causados pela tragédia climática no estado, que afetou não apenas a infraestrutura e residências, mas também bens culturais e históricos.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *