O juiz Fábio Nunes de Martino, da 13ª Vara Federal de Curitiba, absolveu o ex-deputado José Dirceu das acusações de lavagem de dinheiro.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), Dirceu lavava dinheiro por meio de contratos com as empreiteiras Engevix e UTC. Mas, para Martino, a acusação não conseguiu comprovar o crime.

Todos os demais acusados pelo mesmo crime também foram absolvidos: o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto; o irmão de Dirceu, Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, e os engenheiros Gerson de Melo Almada e Walmir Pinheiro Santana, ex-executivos da Engevix e da UTC.

A sentença foi proferida nesta quinta-feira (7).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site! ACEPTAR
Aviso de cookies