Netanyahu promete destruir o Hamas: “Monstros sanguinários”

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, fez uma declaração firme durante a primeira reunião do gabinete do novo governo de emergência nacional de Israel em Tel Aviv. Ele prometeu “desmantelar” o grupo palestino Hamas, que descreveu como “monstros sanguinários”. A reunião começou com um momento de silêncio em homenagem às vítimas israelenses da violência.

Netanyahu enfatizou a unidade do governo e do povo de Israel, destacando o apoio da nação aos soldados que estão na linha de frente. Ele afirmou que o país está trabalhando 24 horas por dia e expressou determinação em derrotar o Hamas.

Mais de 1.300 israelenses foram mortos em decorrência de um ataque terrorista do Hamas no sul de Israel em 7 de outubro. O ataque incluiu ações contra civis em um festival de música e um ataque ao kibutz Kfar Aza, que foi descrito como um “massacre” pelo comandante das Forças de Defesa de Israel (IDF).

O conflito entre Israel e o Hamas entra em seu nono dia com a possibilidade de uma invasão terrestre de Tel Aviv na Faixa de Gaza, um território palestino sob o controle do grupo terrorista. A situação na região é tensa e tem causado preocupações em todo o mundo.

Este desenvolvimento reflete a grave situação no Oriente Médio, e a comunidade internacional está observando atentamente a evolução do conflito.

Bruno Rigacci

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site! ACEPTAR
Aviso de cookies