Partido Liberal (PL) permite voto individual na indicação de Cristiano Zanin ao Supremo Tribunal

O Partido Liberal (PL), sigla associada ao ex-presidente Jair Bolsonaro e liderada por Valdemar Costa Neto, decidiu não se opor à indicação de Cristiano Zanin, advogado de Luiz Inácio Lula da Silva, para o Supremo Tribunal Federal (STF) do Brasil. Essa informação foi divulgada por Malu Gaspar, do jornal O Globo.

Segundo fontes do partido, a cúpula do PL decidiu permitir que os membros do Senado votem individualmente na indicação de Zanin, sem impor uma orientação partidária. Essa decisão reflete uma postura mais flexível em relação à indicação de Zanin, permitindo que cada senador exerça seu próprio julgamento durante o processo de votação.

Na semana passada, Cristiano Zanin, conhecido por sua defesa do presidente Lula, realizou várias reuniões com políticos conservadores e figuras públicas na tentativa de obter apoio para sua indicação ao STF.

Nesse contexto, o pastor Silas Malafaia, líder cristão de destaque, afirmou que Cristiano Zanin é um “homem de família” e é contra o aborto. Em entrevista ao Pleno.News, Malafaia enfatizou que, apesar das diferenças ideológicas, reconhece que Zanin não é um “militante”, mas sim um “advogado contratado, assim como qualquer outro”.

O pastor ressaltou que o papel de Zanin como advogado de Lula não deveria automaticamente desqualificá-lo e que é injusto julgar as pessoas apenas com base em divergências ideológicas. Malafaia fez uma clara distinção entre ser um militante partidário e ser um advogado contratado para representar um cliente específico.

A decisão do Partido Liberal de não se opor à indicação de Cristiano Zanin ao STF demonstra uma disposição em dialogar e buscar ações independentes de seus senadores. Essa posição pode refletir estratégias políticas em um cenário em que alianças e apoio diversificado são necessários para alcançar objetivos políticos.

Bruno Rigacci

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site! ACEPTAR
Aviso de cookies