STF pauta ação sobre competência de crimes de militares

Política Nacional

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) poderá retomar, na quarta-feira (8), o julgamento de uma ação que visa definir se crimes cometidos por militares devem ser analisados pela Justiça Civil. As informações são do site O Antagonista.

O tema foi colocado em pauta há duas semanas. Essa é a segunda vez que o caso tem julgamento previsto pela presidente da Corte, ministra Rosa Weber.

Os ministros Luis Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Marco Aurélio Mello, que é o relator, já votaram para que militares sejam julgados na Justiça Militar. Já os magistrados Edson Fachin e Ricardo Lewandowski teriam ” orientação diversa e mais restrita sobre o que devem julgar as cortes militares”.

– A Constituição de 1988, no entanto, de forma extremamente sucinta e cuidadosa definiu a competência como sendo a de ‘processar e julgar os crimes militares definidos em lei’ – apontou Fachin.

O caso foi aberto, em 2013, pelo então procurador-geral da República, Roberto Gurgel. No entanto, o julgamento dessa pauta havia sido suspenso pelo STF há 5 anos. Agora, a decisão pode influenciar no julgamento de militares que sejam considerados culpados pelos atos do dia 8 de janeiro.

Fonte: Pleno News

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *