PDT acusa Jair Bolsonaro de realizar showmício em Barretos

O PDT, sigla pela qual o candidato Ciro Gomes concorre à Presidência da República neste ano, ingressou com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na qual acusa o presidente Jair Bolsonaro (PL) de realizar showmício durante sua participação na Festa do Peão de Boiadeiro, em Barretos, São Paulo, nesta sexta-feira (26).

Na ação, assinada pelos advogados Walber Agra e Ezikelly Barros, a sigla alega que a participação de Bolsonaro no evento não teria acontecido em “tons neutros”, mas que o líder teria usado “o aparato da festividade para realização de showmício, com a presença de animadores, entonação de discursos inflamados, slogans e músicas de campanha”.

Na representação, a legenda pede que o TSE determine a remoção dos vídeos realizados na ocasião e aplique multa à campanha do atual presidente “devido à gravidade da conduta, pela veiculação de propaganda eleitoral na internet”, sem aviso prévio à Justiça Eleitoral.

– Na oportunidade, o Senhor Jair Messias Bolsonaro proferiu discurso com nítido viés eleitoral, destinado ao público alvo do evento (agropecuária), de modo a verbalizar os pontos centrais do seu programa de campanha, bem como os bordões “Deus”, “pátria” e “família”, tradicionalmente utilizados como slogan eleitoral – argumentou o PDT.

O caso foi distribuído à ministra Maria Cláudia Bucchianeri, que atua como juíza da propaganda eleitoral nas eleições deste ano. Não há uma data determinada para que ela julgue o caso.

*Com informações AE

Fonte: Pleno News

Bruno Rigacci

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site! ACEPTAR
Aviso de cookies