O evento do PL que homologou a candidatura de Jair Bolsonaro à reeleição à Presidência da República, neste domingo (24), no Maracanãzinho, Rio de Janeiro, repercutiu positivamente nas redes sociais. Prova disso é que os apoiadores do presidente levaram #capitaodopovo aos trends do Twitter. Até o momento da publicação desta reportagem, a hashtag já havia contemplado 165 mil citações.

Na cerimônia, o chefe do Executivo, que busca um segundo mandato, subiu ao palco ao lado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, que fez um breve discurso em aceno especialmente às mulheres. Ainda na convenção, o general Walter Braga Netto foi confirmado como vice da chapa.

No decorrer da cerimônia, Bolsonaro focou seu discurso na economia e nos feitos de seu governo, além de criticar o ex-presidente e também candidato ao Palácio do Planalto, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O chefe do Executivo também criticou partidos de oposição.

O atual presidente destacou que sua gestão passou por “três anos e meio sem corrupção” e aproveitou para alfinetar o PT: “A corrupção era o combustível de governos anteriores”, provocou. Em outro momento, chamou o ex-presidente Lula de “bandido” e “cachaceiro”.

Além disso, convocou seus apoiadores para irem às ruas em 7 de setembro, no bicentenário da Independência. O presidente discursou por mais de uma hora diante de arquibancadas lotadas.

Fonte: Pleno News