Nesta quinta-feira (21), o perfil do senador Renan Calheiros (MDB-AL) apareceu comentando o próprio post. A gafe foi registrada no Twitter, após uma publicação que criticava o presidente Jair Bolsonaro (PL).

Em um primeiro tuíte, Calheiros reagiu a uma matéria do jornal Le Monde, da França, a respeito de Bolsonaro.

– Lula foi preso para não ser eleito. Bolsonaro quer ser eleito para não ser preso – comentou o senador.

Em seguida, o próprio perfil de Renan Calheiros reagiu com um novo comentário.

– Boa senador – respondeu.

O caso chamou a atenção de outros usuários da rede social, e o post acabou sendo apagado.

Fonte: Pleno News