O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Roberto Barroso, foi alvo de protestos em sua passagem por Florianópolis, em Santa Catarina, nesta quinta-feira (30). O magistrado palestrou na comemoração dos 40 anos de fundação da Procuradoria Geral do Estado (PGE/SC).

O evento ocorreu no teatro do Centro Integrado de Cultura (CIC). Barroso deixou o local pelos fundos, sob forte esquema de segurança, mas sem escapar de ouvir certos “adjetivos” de manifestantes. “Mentiroso”, “bandido’ e “vagabundo” foram alguns deles.

A ministra do STF Cármen Lúcia também participou do evento, mas por videoconferência.

Fonte: Pleno News