O presidente Jair Bolsonaro (PL) estenderá a viagem nos Estados Unidos depois da participação na Cúpula das Américas, onde encontrará o presidente americano, Joe Biden. De Los Angeles, Califórnia, Bolsonaro irá para Orlando, na Flórida, segundo fontes consultadas pelo Estadão.

A região central da Flórida concentra grande parte da comunidade brasileira que vive nos EUA e é a área em que a maioria dos brasileiros votou em Bolsonaro em 2018.

Bolsonaro irá inaugurar o vice-consulado de Orlando, um pleito antigo dos brasileiros da região, que são atualmente atendidos pelo consulado de Miami. No estado americano, ele também deve se reunir com lideranças evangélicas.

Em março de 2020, quando esteve na Flórida, o presidente passou dias cercado de eventos com apoiadores.

Bolsonaro viaja para os EUA na próxima semana, para participar da Cúpula das Américas. Ele também terá uma reunião bilateral com o americano Joe Biden pela primeira vez. O encontro foi oferecido pela Casa Branca, durante processo de convencimento para que o presidente brasileiro participe da cúpula.

Desde que tomou posse, em 20 de janeiro de 2021, Biden evitou gestos de aproximação de Bolsonaro e nunca conversou nem sequer por telefone com o brasileiro, que foi o último líder do G-20 a parabenizá-lo pela vitória nas eleições presidenciais americanas.

Diante do risco de que a Cúpula das Américas fosse um fiasco, com a ausência anunciada do México, a Casa Branca fez gestos de aproximação com Brasília.

*AE

Fonte: Pleno News