O deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) prestou solidariedade a João Doria, durante uma entrevista à Folha de S.Paulo. Ele deu declarações sobre a postura de seu partido no que diz respeito à definição de um candidato à Presidência da República.

Aécio criticou Bruno Araújo, presidente nacional do PSDB. As informações são do Metrópoles.

– Tudo que estamos vivendo hoje é consequência de equívocos que foram cometidos. A terceira via implodiu pelo pragmatismo de uns e pelo egoísmo do PSDB – avaliou.

Segundo Neves, Araújo se dedicou a atuar mais como advogado dos interesses da candidatura de Rodrigo Garcia para o governo de São Paulo.

– O Doria sempre foi o bode que precisava ser retirado da sala para viabilizar a candidatura do Rodrigo Garcia. Por isso que as prévias foram feitas completamente fora do tempo, sem que houvesse outra candidatura – afirmou.

No entanto, ele ressaltou que não é contra a candidatura Garcia.

Fonte: Pleno News