A defesa do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) pretende pedir que a tornozeleira usada pelo parlamentar seja periciada após a troca. O motivo é uma suspeita de que o equipamento possa ter algum tipo de escuta.

Em entrevista ao portal Uol, um dos advogados do deputado, Jean Cleber Garcia, disse não conhecer ninguém que use tornozeleira e passe pelos mesmos problemas que Daniel Silveira. No início deste mês, o parlamentar pediu a troca do equipamento ao alegar que ela parecia ter “vida própria’.

Para Jean Cleber Garcia, a suspeita de Daniel Silveira sobre uma escuta é legítima.

– Ele tem essa suspeita, eu acho legítima. Quem está sendo acusado, quem está sendo perseguido, com a voracidade e com a famigeração com que ele está, é passível de qualquer situação – destacou.

Após Daniel Silveira reclamar da tornozeleira, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou à Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) do Distrito Federal que apresentasse um relatório completo sobre o equipamento.

Fonte: Pleno News