Fernando Haddad (PT) reagiu a uma declaração de Tarcísio de Freitas (Republicanos), que acusou São Paulo de ter feito “um pacto com o crime organizado” para não combatê-lo. Em entrevista à Rádio Máxima FM, de Guaratinguetá, nesta quinta-feira (7), o petista fez duras críticas ao ex-ministro da Infraestrutura.

Para Haddad, que é pré-candidato ao governo de São Paulo, seu oponente, enquanto candidato do presidente Jair Bolsonaro, deve defender as propostas do chefe do Executivo.

– Ele [Tarcísio] deve defender as propostas de segurança pública do Bolsonaro, e as propostas de segurança pública do Bolsonaro são a junção da milícia com o crime organizado – disparou.

O petista disse também que Tarcísio “não entende nada de segurança pública” e voltou a relacionar Bolsonaro à milícia.

– Ele [Tarcísio] que nasceu no Rio de Janeiro, cresceu no Rio de Janeiro, nunca morou em São Paulo, mora em Brasília há muitos anos, serviu a muitos governos e hoje se diz bolsonarista. Talvez o modelo de segurança pública dele seja o do Rio de Janeiro, seja essa promoção que o Bolsonaro permitiu entre milícia e tráfico, será que é isso que ele quer trazer pra São Paulo? Eu acho que de segurança pública ele não entende é nada – declarou.

Fonte: Pleno News