O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu um prazo de cinco dias para que o Ministério da Justiça e Segurança Pública se manifeste sobre o andamento do processo de extradição do jornalista Allan dos Santos. A medida foi assinada pelo ministro na sexta-feira (11).

O pedido de extradição de Allan dos Santos, que mora nos Estados Unidos desde 2020, havia sido estipulado no final de 2021 pelo próprio Moraes. Além disso, o ministro também determinou a prisão do jornalista.

Ele atendeu a uma solicitação da Polícia Federal (PF). De acordo com o ministro, o órgão “apresentou indícios fortes, plausíveis e razoáveis da vinculação do representado Allan Lopes dos Santos à prática de diversos crimes”.

Em sua determinação da semana passada, Moraes oficiou o “secretário nacional de Justiça para que, no prazo de 5 (cinco) dias, informe acerca do andamento do pedido de extradição de Allan Lopes dos Santos, investigado nestes autos, incluídas informações acerca das medidas adotadas no âmbito do Ministério da Justiça para a sua efetivação junto ao governo dos Estados Unidos”.

A decisão do ministro pode ser vista aqui.

Fonte: Pleno News