Nesta segunda-feira (21), o senador Jean Paul Prates (PT-RN), apresentou um requerimento de convocação do secretário especial de Cultura, Mário Frias. A intenção é que ele vá ao Senado explicar gastos em viagens que fez a Nova Iorque, nos Estados Unidos (EUA).

O requerimento foi protocolado pelo petista na Comissão de Educação, Cultura e Esporte da Casa. A expectativa é de que o colegiado se reúna nesta quinta-feira (24), o que poderia levar o requerimento a ser votado.

No documento, Jean Paul Prates aponta que o “senhor Mário Frias voou em classe executiva cujas passagens possuíam valor de R$ 26 mil. O secretário recebeu R$ 12,8 mil em diárias”. A viagem foi realizada em dezembro de 2021 e custou R$ 39 mil.

Além de Mário Frias, o secretário-adjunto de Cultura, Hélio Ferraz de Oliveira, também estava no viagem e gastou mais R$ 39 mil.

O objetivo do secretário de Cultura foi discutir uma produção audiovisual com o lutador de jiu-jitsu Renzo Gracie.

Caso os senadores aprovem a convocação, Frias será obrigado a ir ao Senado.

Fonte: Pleno News