Bolsonaro rebate críticas sobre ida à Rússia: “Não fomos para tomar partido de ninguém”

Política Nacional

Nesta sexta-feira (18), durante sua tradicional live pelas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre o encontro que teve com o presidente da Rússia, Vladimir Putin. Bolsonaro rebateu críticas recebidas pela viagem, realizada em meio à tensão tensão entre a Rússia e a Ucrânia, e afirmou que não foi para “tomar partido de ninguém”.

A declaração ocorreu após a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, ser questionada sobre a viagem feita por Bolsonaro. Em resposta, a representante do governo dos Estados Unidos (EUA) afirmou que “talvez o Brasil esteja do outro lado de onde está a maioria da comunidade global”.

Bolsonaro, no entanto, minimizou essa e outras críticas e explicou que sua viagem teve um “objetivo específico”.

– Eu estou muito feliz. Grato ao presidente russo [Vladimir Putin]. A gente pede a Deus que tenhamos paz na região. Eu até falei lá que o mundo é a nossa casa e Deus está acima de todos. Falei a mensagem de paz. Não fomos para tomar partido de ninguém. A nossa missão tinha um objetivo específico – apontou.

Ele também disse que o encontro com Putin rendeu “bons negócios”.

– Alguns levaram para o lado de que eu estava apoiando A, B ou C, não devia fazer isso, não devia fazer aquilo. Teve crítica, bastante. Viemos para cá. Ficaram realmente boas impressões e bons negócios – destacou.

Fonte: Pleno News

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *