O magnata e empresário Bill Gates pediu que filantropos e países ricos contribuam com milhões para preparar o mundo para a próxima pandemia. Na avaliação do fundador da Microsoft, a epidemia global que virá após a Covid-19 será ainda mais mortal.

– Quando se trata de gastar bilhões para salvar trilhões em danos econômicos e dezenas de milhões de vidas, eu diria que é uma apólice de seguro muito boa – disse Gates, em entrevista ao Financial Times.

Esta não é a primeira vez que o bilionário faz previsões sobre a saúde global. Antes do surgimento da Covid-19, ele já havia alertado sobre os riscos de uma pandemia. Hoje, ele considera que as variantes Delta e Ômicron são alguns dos vírus mais transmissíveis já vistos, mas que o mundo deve estar preparado para um patógeno ainda pior.

– Foi o dinheiro em risco que fez com que os testes ocorressem. Portanto, houve um enorme benefício global. Estamos todos muito mais inteligentes agora. E precisamos de mais capacidade para a próxima vez – acrescentou ele.

Pensando nisso, a Fundação Bill & Melinda Gates e o Welcome Trust, do Reino Unido, decidiram doar um total de 300 milhões de dólares para a organização filantrópica que ajudou a criar o Covax Facility, programa de distribuição de vacinas anticovid da OMS.

A organização, chamada Coalition for Epidemic Preparedness Innovations (Cepi), pretende arrecadar 3,5 bilhões de dólares para reduzir o tempo de criação de vacinas para 100 dias.

Fonte: Pleno News