O pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), declarou que não se reunirá com o ex-juiz e agora pré-candidato ao Planalto, Sergio Moro. De acordo com o colunista Guilherme Amado, do site Metrópoles, o líder religioso classificou o pré-candidato do Podemos como “Judas e traíra”.

Nas últimas semanas, Moro vem se reunindo com líderes evangélicos pelo país, inclusive alguns que são aliados do presidente Jair Bolsonaro. Em dezembro de 2021, por exemplo, Moro se encontrou com o com o pastor R.R. Soares, da Igreja Internacional da Graça de Deus.

De acordo com Guilherme Amado, Moro tem como seu interlocutor no meio evangélico o fundador da Associação Nacional dos Juristas Evangélicos (Anajure), o ex-juiz Uziel Santana.

Apesar de, segundo o colunista, o ex-juiz ter interesse de falar com Malafaia, o pastor disse que não dará atenção ao ex-ministro da Justiça e ainda criticou a atuação de Moro enquanto ele era integrante do governo.

– No ano passado, ele viu trabalhadores sendo presos por causa de governos esquerdopatas insensatos e não abriu a boca para nada. Eu vou dar atenção a um cara desse? Manda ele plantar batata – completou Malafaia.

Fonte: Pleno News