O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid-19, defendeu a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar as ações do governo federal durante a pandemia. O parlamentar afirmou que, desde o fim do primeiro colegiado, o presidente Jair Bolsonaro (PL) “voltou a delinquir” e, por isso, precisa ser investigado novamente.

– Cada dia fica mais evidente a urgência de nova investigação sobre a cadeia de episódios suspeitos dos últimos dois meses. Desde o fim de outubro, Bolsonaro perdeu o medo de atacar a vacina, sentiu-se livre e voltou a delinquir. Ele só entende uma linguagem: CPI. É hora de agir – disse o senador em uma rede social.

Entre os motivos para uma nova comissão, senadores da cúpula da CPI da Covid citam o apagão de dados sofridos pelo Ministério da Saúde, cujo banco de informações, incluindo o aplicativo ConectSUS, ficaram foram do ar por semanas sem que a origem do problema fosse esclarecida.

Fonte: Pleno News