Nesta quarta-feira (5), a página Quebrando o Tabu pediu desculpas após uma publicação a respeito da China. Nas redes sociais, o portal publicou “pontos positivos” da era Mao Tsé Tung, mas lembrou que ela deixou “de 50 a 80 milhões de mortos (de fome ou perseguição política).

Além disso, a página afirmou que a “China incentiva a harmonia, mesmo que essa harmonia venha à força”.

Diante da publicação, a página passou a ser criticada

Como resultado, o Quebrando o Tabu acabou se desculpando.

– Foi mal demais a thread que postamos sobre a China. Queremos pedir desculpas e contar que reformularemos aquele conteúdo para trazê-lo de volta com a versão correta dos fatos.

Além disso, o site também apagou a publicação.

Fonte: Pleno News