O senador Flávio Bolsonaro afirmou na manhã desta sexta-feira que, “graças a Deus”, seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, passa bem. Por meio de publicação nas redes sociais, Flávio afirmou que o pai é “vítima do ódio de um ex-militante do PSOL e de mal amados hipócritas desejando sua morte”.

Flávio disse ainda que, cada vez que o pai passa por procedimentos médicos decorrentes da facada que levou de Adélio Bispo, em 2018, “é impossível não se indignar com a mentira de que Bolsonaro tem discurso de ódio”, quando, na verdade, é vítima dele.

 

A frase de Flávio remete ao período em que Adélio foi filiado ao PSOL, de Uberaba, entre 2007 e 2014. Adélio esfaqueou Jair Bolsonaro em Juiz de Fora, no dia 6 de setembro de 2018, durante a campanha presidencial.

O presidente está internado no hospital Vila Nova Star devido a uma suboclusão intestinal. De acordo com o boletim do hospital, o estado de saúde de Bolsonaro é estável, mas não há previsão de alta.

Fonte: Pleno News