Nesta quarta-feira (29), a presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), rebateu uma declaração feita pelo vice-presidente da sigla, Washington Quaquá, sobre a ex-presidente Dilma Rousseff. Para a parlamentar, a declaração do colega sobre Dilma não ter mais relevância eleitoral é uma “opinião pessoal”. A informação foi dada pela coluna de Guilherme Amado, do site Metrópoles.

Mais cedo, Washington Quaquá comentou a ausência de Dilma em um jantar ocorrido no dia 19 de dezembro que reuniu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

– A Dilma é ex-presidente e tem o papel dela. Mas, do ponto de vista eleitoral, não (…) Existe um pedaço pequeno do PT que ainda fica nesse negócio de golpe. Política não se faz com ressentimento, se faz pensando em estratégias para transformar a vida do povo – disse o vice do PT.

Gleisi, no entanto, ressaltou que a ex-presidente merece o respeito de todos os integrantes do Partido dos Trabalhadores (PT).

– A opinião individual de Washington Quaquá não corresponde ao papel da presidenta Dilma na história, no presente e no futuro do PT. Ela enfrentou com dignidade e coragem o golpe do impeachment que levou o país a esta triste situação. Merece o respeito e a solidariedade de cada dirigente e militante do partido – destacou.

Fonte: Pleno News