Em seu terceiro mês com recorde negativo de desempenho, a Rede Globo vem enfrentando uma das mais graves crises de audiência de sua trajetória. Segundo informações do site Notícias da TV, a emissora não tem conseguido reverter a fuga do público nem mesmo no horário nobre, faixa em que as novelas e o Jornal Nacional são exibidos.

Conforme o PNT (Painel Nacional de Televisão), a emissora dos Marinho teve seu pior ibope mensal pelo terceiro mês consecutivo: em novembro, a média 24 horas foi de 10,8 pontos, a mesma registrada em outubro. Em setembro, por sua vez, o índice foi de 10,9.

Até setembro deste ano, a emissora nunca havia ficado abaixo dos 11 pontos de média. Os piores números até então haviam sido em dezembro de 2018, com 11,1, além de dezembro de 2020, com 11,2.

Apesar de seguir na liderança em relação às outras emissoras, a Globo também tem sido a que mais registrou queda na faixa de horário nobre: uma perda de audiência de 10% em relação ao ano anterior. Em novembro de 2020, a audiência havia sido de 21,3 pontos, e este ano fechou o mesmo mês em 19,2.

Enquanto o Jornal Nacional caiu de 26 pontos de média para 21,6, na comparação de novembro de 2020 para 2021, as novelas das nove e das sete – Um Lugar ao Sol e Quanto Mas Vida Melhor – são, até o momento, as piores da história da Globo em seus horários.

A queda no horário nobre das emissoras vizinhas foi menos significativa ou nula. No caso do SBT, o ibope caiu em 6%, indo de 5,9 para 5,6. Já a Band se manteve com 1,6 ponto, e a Record subiu de 8,1 para 8,2.

Haja vista que suas principais concorrentes não estão recebendo a audiência que a Globo está perdendo, surge o questionamento de para onde estão migrando os espectadores da emissora.

A resposta está nos sistemas de streaming, Youtube, videogames ou DVDs, que fazem parte da categoria “conteúdo de TV/vídeo sem referência”. Essas mídias registraram alta de 10% este ano, saltando de 5,6 para 6,1 em relação a novembro de 2020. A alta no horário da noite é de 12%, em um crescimento de 8,3 para 9,3 pontos.

Se nos meses anteriores o cenário para a Globo não foi favorável, no mês de dezembro, as expectativas também não são boas. Como o último mês do ano tende a ser mais fraco em audiência devido às festas e viagens, há risco de que a emissora registre um novo recorde negativo ao fechar 2021.

Fonte: Pleno News