O vice-presidente da agora extinta Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), pode ser mais um nome na já “lotada” disputa presidencial de 2022. A possibilidade estaria sendo levantada por artistas liderados por Paula Lavigne, esposa do cantor Caetano Veloso. A informação é da colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo.

De acordo com a publicação, o parlamentar estaria sendo “estimulado” pelo grupo de Lavigne a entrar na disputa, mas ainda existiriam questões a serem estudadas. Um desses pontos seria a estrutura que a Rede e eventuais aliados do parlamentar no possível pleito presidencial poderiam proporcionar para o senador. Já a outra questão seria o debate político interno na legenda.

Segundo a colunista, a ideia é que Randolfe, caso seja confirmado como candidato para o próximo ano, tenha seu foco em pontos até agora menos destacados no debate eleitoral entre os pré-candidatos a presidente, como a questão ambiental e a cultural.

Fonte: Pleno News